DS Principal » Indicações » Doce e Amarga Providência
Indicações

Doce e Amarga Providência

Doce Amarga providência

Livro: Doce e Amarga Providência (sexo, raça e soberania de Deus)

Autor: John Piper

Editora: Hagnos

Páginas: 126

Nota: 4/5

Resumo da editora:

Rute e Boaz viviam perigosamente uma jovem viúva, imigrante, camponesa e um judeu de meia idade, proprietário de terras, caminhavam no limite da exclusão social, mas mantiveram absoluta integridade. O resultado foi surpreendente e afetou todas as gerações que se seguiram. Uma história fora do comum que vai de uma estratégia sexual a uma aliança racial transcorre sob a invisível mão de Deus, o qual lhes recompensou a fidelidade e a espera de forma surpreendente, pois vieram a fazer parte da linhagem do Rei dos reis.

Quando peguei Doce e Amarga Providência para ler não dei nada por ele, primeiro, nunca tinha lido nada desse autor, segundo, como um livro de apenas 126 páginas poderia abordar tantos assuntos? Confesso que no começo não me surpreendeu em nada achei até um pouco entediante, mas, não desisti e a medida em que lia cada página a história se tornava cada vez mais interessante, vi claramente uma Rute que não consegui conhecer somente com a leitura do texto bíblico.

O livro nos conta em detalhes a história de Rute nossa mocinha valente, Noemi a sogra desamparada e Boaz o príncipe de meia idade. O que mais me chamou atenção em todo o livro foi como através da história o autor consegue demonstrar que situações consideradas ruins podem ser essenciais a providência divina. Quanto a história de amor do nosso casal de apaixonados é cheia de obstáculos: raciais, de idade e aparece até um possível rival para tomar o lugar de Boaz quanto a Rute.

É uma leitura fácil e reflexiva, mostra além do relacionamento dos personagens, em vários momentos nos tornamos participantes e descobrimos mais sobre a proteção de Deus e como esse casal foi fundamental para o nascimento de Cristo. Indico para todos principalmente aos que estão começando ou estão em um relacionamento, pois, todo romance deveria ter Rute e Boaz como exemplos.

Boa leitura

palavras chaves (tags)
Samela Alves

Samela Alves

Uma sonhadora, que ama livros, colecionar pedras e moedas. Que um dia se aventurou no mundo das palavras para escrever sobre o amor do Criador por todo nós. Apaixonada pela natureza, animes, doramas e séries, vive com um pé na realidade e o outro no mundo da imaginação, que encontrou aqui seu refúgio para escrever tudo que passa no seu coração.

Comentários

Clique aqui para enviar um comentário

Publicidade